#Musicais: The Rocky Horror Picture Show (1975)

15:08

Ei, queridos!
Hoje vim com mais uma postagem na coluna musicais, e o escolhi da vez é o clássico - e polêmico- dos anos 70: The Rocky Horror Picture Show. Lembrando que os dados aqui serão referidos ao filme.
Você pode até nunca ter assistidos, mas sendo leitor ou viciado em séries isso é bem difícil, visto que o musical, vez e outra, é citado. Uma prova disso é a série Glee que já fez um episódio dedicado ao filme, The Rocky Horror Glee Show (2x5). O livro e filme As Vantagens de Ser Invisível também. Então eu não poderia deixá-lo de fora, não é mesmo?

Dirigido por: Jim Sharman
Gênero: Musical/Comédia/Drama
Ano: 1975
Duração: 1h40min
Classificação Indicativa: 18 anos
Influenciado pelo matrimônio de um grande amigo, Brad Majors (Barry Bostwick) decide pedir sua noiva, Janet Weiss (Susan Sarandon), em casamento. Antes da cerimônia eles partem em uma viagem de carro, mas acabam se perdendo. Para piorar a situação, o carro quebra e está chovendo bastante. Eles vão até um castelo próximo em busca de ajuda e são recepcionados por Riff Raff (Richard O'Brien), o criado do dr. Frank N Furter (Tim Curry), dono do local. Brad e Janet estranham o visual e o comportamento de todos, sem imaginar que Frank N Furter dedica a vida à libido e o prazer. Seu novo plano é criar um homem musculoso, Rocky (Peter Hinwood), que possa atender aos seus anseios sexuais.
Você provavelmente deve está assustado com a classificação indicativa do filme - e com o poster já que estamos falando de um travesti sentado em uma "boca", mas espera aí... É exatamente sobre o que você está pensando. Mas, apesar de toda polêmica, a intenção é satirizam a sociedade, sua moral e sua sexualidade para ser mais específica.
O filme se baseia nos enredos típicos de ficção científica e terror: cientista maluco - no caso esse quer construir um homem para "aliviar sua tensão", sua criatura, seus ajudantes, o casal de certinhos, alienígenass e assassinato. Porém, diferente dos cientistas dessas ficções que buscam sucesso e revoluções na ciência, Frank só quer um pouco - pouco?- de prazer.
Caso o motivo da classificação tão alta, apesar de ser super exagerado na minha opinião, mas como estando falando dos anos 70, não esteja tão claro, devo dizer que cenas de sexo e nudez estão super presente ao longo do filme. O que às vezes o deixa exagerado e desnecessário.
Minha classificação foi de 3 estrelinhas porque apesar de não ter um enredo muito inteligente - têm coisas que ainda tento entender- as músicas são ótimas e os atores deram um show, além disso, o musical é venerado em vários países.

Personagens, elenco e performances


Frank N' Furter nosso travesti/cientista maluca/estrela do filme. Dedica boa parte do seu tempo ao prazer, e nem mesmo o recatado casal consegue resistir à sua sensualidade (?).
Interpretado por: Tim Curry
Melhor performance: Sweet Transvestite

Brad e Janet os mocinhos da história. Só queriam ir visitar um velho amigo para anunciar o noivado, mas vão parar no castelo de Frank e se encontram presos com criaturas perversas de outro planeta. 
Interpretados por: Barry Bostwick e Susan Sarandon
Melhor performance: Dammit, Janet




 Columbia, Riff Raff e  Magenta são os ajudantes de Frank. Minha personagem favorita - visualmente falando- é a Columbia. Adoro seu visual! Sua personalidade também é muito divertida.
Interpretados por: Nell Campbell, Richard O'Brien e Patricia Quinn
Melhor performance: Time Warp





Tem outras performances e personagens, mas esses são os que achei mais necessário contar. Acho o Rocky chato, e Eddie só tenho consideração se for interpretado por John Stamos como foi em Glee. Confira o vídeo abaixo e saiba o porquê.

You Might Also Like

16 comentários

  1. Sim, fiquei assustada com tudo, não só com a classificação hahaha


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha é assustador porque é bizarro, mas de terror não tem nada ;)

      Excluir
  2. Estou super por fora
    Mas achei bem interessante e gostei da dica

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É interessante mesmo, diferente. Que bom que gostou!
      bjos :*

      Excluir
  3. Eu gosto de filmes assim, vou procurar em uma locadora para assistir, será que tem?
    Gostei da sua resenha!

    Vem ver post novo :)
    www.pequenamenina31.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, é meio difícil de achar. Mas tenta a sorte haha

      Excluir
  4. Oii

    Não conhecia, é bem diferente... Gostei da dica, é sempre bom sair da rotina.

    Beijinhos,

    entrechocolatesemusicas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu quero muuuuuuito ver esse filme há tempos, adoro musicais e esse é um clássico :3

    Beijos da Tabatha!
    www.naocontapraninguem.com
    www.youtube.com/blogncpn

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia, apesar de já ter visto As vantagens de ser invisível rs...bjus!
    talkingabout-reb.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De um jeito ou de outro a gente acaba ouvindo falar haha

      Excluir
  7. Não conhecia! Vou procurar para assistir
    Beijos
    http://queencami.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

✖ Antes de tudo leia a postagem
✖ Só comente caso tenha algo - em relação ao post - para dizer
✖ Avise quando seguir o blog, é certo de que seguirei de volta
✖ Deixe sempre o link do seu blog no final do comentário para que eu possa retribuir a visita
✖ Aceito TAGs, basta deixar o link da postagem - também no final do comentário
Obrigada pela visita, beijos!

Instagram

Facebook

Twitter

Subscribe